João Pessoa: 18 de julho de 2024

Prefeito incentiva crianças participantes da seletiva do Balé Bolshoi e destaca olhar do Governo Municipal para projetos além da sala de aula

Publicado em: 23 de maio de 2024

A parceria da Prefeitura de João Pessoa com a Escola de Teatro Bolshoi, em Santa Catarina, está permitindo que 14 adolescentes da Rede Municipal de Ensino tentem realizar o sonho de seguir carreira como bailarino profissional. Este ano, serão mais 20 vagas, onde 770 alunos estão concorrendo. Eles receberam incentivo do prefeito Cícero Lucena, nesta quinta-feira (23), durante seletiva realizada no Centro Escolar de Atividades Pedagógicas Integradas (Cemapi), em Mangabeira.

O prefeito destacou a missão da Prefeitura para além da sala de aula, onde o governo municipal realiza projetos como robótica, música e dança e de programação (Code). No Bolshoi, Cícero Lucena, depois de levar uma mensagem de incentivo aos alunos, disse que essa oportunidade pode transformar a vida das crianças e que a Prefeitura estará presente em todas as etapas da vida deles – seja na busca pela concretização do sonho como bailarino ou na formação cidadã.

“Esse ano foram avaliados mais de 1.700 inscritos, selecionados mais de 700 para esta segunda etapa. O Balé liberou 20 meninos para ir fazer o teste nacional e internacional, em Joinville. É o nosso compromisso de fazer a educação de forma verdadeira, educação de qualidade, de oportunidade, de mudança de vida para melhor, porque é isso que nós queremos para o futuro da cidade. Receber esse carinho das crianças, como se diz, é recarregar a vontade de fazer cada vez mais e melhor”, afirmou o prefeito.

De acordo com a Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), esta segunda seletiva ocorre até sábado (25), nos turnos manhã e tarde. No último dia da 2ª fase também haverá a repescagem para selecionar os 20 participantes que irão viajar para a etapa final, que acontecerá em Joinville no mês de outubro. “É a concretização desse trabalho que a gente está realizando. O trabalho iniciou desde a primeira gestão de Cícero Lucena e agora ele tomou pé, porque agora tem a credibilidade também de toda a sociedade e também da comunidade escolar”, declarou a secretária América Castro.

A coordenadora do processo seletivo do Teatro Bolshoi no Brasil, Sylvana Albuquerque, veio para João Pessoa justamente para participar das avaliações. “Nós observamos as características que possam ser desenvolvidas pelo método proposto pelo Balé Bolshoi, que é o método Vagano. A parte de musculatura, articulações – um conjunto de dados dos candidatos – que vão dizer se ele vai para a próxima etapa ou não”, explicou.

  • Texto: Max Oliveira
    Edição: Lilian Moraes
    Fotografia: Sérgio Lucena e Cristian Machado

Tags:

Compartile: