João Pessoa: 15 de julho de 2024

Conheça a cidade de Cameron nos EUA, onde cada morador tem seu próprio avião na garagem

Publicado em: 1 de maio de 2024

 

Nestes enclaves únicos, o luxo vai além do convencional. Com preços que podem ultrapassar milhões de dólares, os Airparks apresentam diferenças marcantes em relação aos condomínios residenciais de luxo tradicionais. Aqui, as calçadas são parques de estacionamento para aeronaves privadas, as garagens são do tamanho de hangares e as ruas são amplas o suficiente para permitir a passagem de aviões de pequeno porte.

 

Em Busca do Paraíso Aéreo

Uma busca rápida no portal Zillow, a maior imobiliária online do mundo, revela a disponibilidade de uma casa no Cameron Airpark Estates, na Califórnia, EUA. Este é um dos exemplares mais deslumbrantes desses complexos exclusivos. Por um preço de US$ 1,5 milhão, aproximadamente R$ 8,5 milhões, os interessados podem se tornar parte desta comunidade singular, onde o número de aviões supera o de carros nas ruas.

 

 

Vivendo o Sonho da Aviação Privada

Apesar do custo exorbitante, os Airparks oferecem benefícios que vão além do luxo. Com aeroportos privados na porta de casa, os residentes podem voar para destinos distantes em questão de minutos, evitando horas de congestionamento nas estradas. No entanto, para os apaixonados por veículos, as garagens desses condomínios são verdadeiros tesouros, abrigando não só aeronaves, mas também uma invejável coleção de carros de luxo.

 

 

O Futuro dos Airparks

Enquanto o mundo da aviação privada continua a evoluir, os Airparks permanecem como um nicho exclusivo para os mais privilegiados. Com sua mistura de luxo, conveniência e paixão pela aviação, essas comunidades oferecem um estilo de vida verdadeiramente único para aqueles que podem se dar ao luxo de voar alto, tanto literalmente quanto metaforicamente.

 

Nos Airparks, o céu é o limite.

 

 

 

Fonte:  Oddity Central Insider

Imagens: Nona Air Park/Instagram

Matéria: Eugênio Falcão

Portal Noticia Extra

Tags:

Compartile: