João Pessoa: 12 de abril de 2024

Cícero Lucena reforça importância do combate à violência contra a mulher e da luta por oportunidades e igualdade

Publicado em: 14 de março de 2024

O prefeito Cícero Lucena participou, na manhã desta quinta-feira (14), da 3ª Caminhada das Mulheres – “Não é Não Contra Assédio e Importunação” – promovido pela Prefeitura, através da Secretaria Extraordinária de Políticas Públicas para as Mulheres (SEPPM), na programação alusiva ao Dia Internacional da Mulher.

O evento, com percurso de um quilômetro, se concentrou na Orla entre Tambaú e Cabo Branco, contou com a presença da primeira-dama, Lauremília Lucena, e na oportunidade, o gestor ressaltou que a caminhada alia consciência às lutas das mulheres, no tocante a mais oportunidades dentro da sociedade, contra todas as formas de violência, além de despertar para a prática saudável por meio do esporte.

“É uma forma de chamar a atenção para o quanto é importante buscarmos a relação de inclusão, de oportunidade, de igualdade entre os sexos, para que tenhamos uma sociedade mais justa. Então, a cada despertar, a cada evento em respeito às mulheres, também de repúdio a violência contra elas, é muito importante para que todos tenham uma consciência, através da informação e da educação. E esse evento ainda tem outro simbolismo, que é a prática saudável do esporte, que colabora para a nossa qualidade de vida”, afirmou o prefeito.

A secretária de Políticas para as Mulheres, Nena Martins, disse que o evento foi um ato simbólico, alusivo ao Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março, inserido na programação da SEPPM em homenagem à data, que começou no dia 4 e se estenderá até o final deste mês com a realização de palestras em escolas da Rede Municipal e comunidades abordando a violência contra a mulher.

“É uma caminhada simbolizando o Mês da Mulher, na sua terceira edição, que a gente faz com todo sucesso. E o nosso objetivo esse ano chamar atenção para o aumento do índice de violência contra mulheres, então, estamos em alerta, ‘Não é Não Contra o Assédio’ e ‘Não é Não Contra a Importunação contra as mulheres’”, afirmou a secretária.

A titular da SEPPM ressaltou a parceria com a Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) e o Instituto Nacional de Desenvolvimento Humano (Inadh) para a realização desta terceira edição da caminhada. “Eu agradeço o apoio dos nossos gestores, Cícero Lucena e Leo Bezerra, da primeira-dama Lauremília Lucena, e dos demais parceiros que reforçam a importância de mais ações em favor do público feminino na Capital e do Instituto Nacional de Desenvolvimento Humano”, reforçou.

Para o superintendente da Emlur, Ricardo Veloso, que participou da programação na orla e completou o percurso, a Caminhada tem um efeito significativo e bastante justo para o reconhecimento da luta das mulheres, “pela resiliência em lidar com os problemas e superar os obstáculos. É um ato de respeito e a Emlur faz parte dessa história, pois seu quadro de funcionários é composto por mais de 300 mulheres que atuam em várias frentes, contribuindo para a limpeza de João Pessoa e a qualidade de vida e de saúde da população. Todos os dias elas desempenham suas funções com garra, força e resiliência”.

Em torno de 100 mulheres da Emlur participaram da caminhada, entre as servidoras de setores administrativos e agentes de limpeza. Segundo Lúcia Monteiro, chefe da Divisão de Bem-Estar Social da Emlur, esta ação é o símbolo das lutas pelos direitos das mulheres, sejam, sociais, políticos ou culturais. “Além de todos os desafios que são enfrentados, ainda está muito longe a tarefa de uma elaboração da mulher livre dentro da sua própria liberdade. Portanto, quando a sociedade se envolve na causa, as mulheres, ganham força e assim é possível provar e notar que nenhuma mulher está sozinha nas suas batalhas diárias”, afirmou.

O evento foi prestigiado por mulheres de diversas idades, que elogiaram a iniciativa da Prefeitura de João Pessoa de apoiar atividades que reforçam a luta das mulheres por um mundo mais justo. Josélia Lopes, funcionária pública aposentada, moradora de Tambaú, disse que participou do evento pela primeira vez e gostou muito. “Soube dessa realização através de uma amiga e sou grata pelo convite, porque ações como esta dá visibilidade à nossa luta, que é de uma vida toda”, frisou.

Maria Aparecida de Oliveira, dona de casa, moradora do bairro São José, também foi à caminhada pela primeira vez e afirmou que fará parte das próximas edições. “Acho muito importante essa preocupação do Município para com a causa. Vejo essa ação como mais um alerta para a união de forças contra a violência doméstica e a nossa participação retribui esse apoio que tanto precisamos no dia-a-dia”, acrescentou.

A Terceira Caminhada das Mulheres – “Não é Não Contra Assédio e Importunação” também arrecadou absolventes para o combate à pobreza menstrual, que serão distribuídos com mulheres em vulnerabilidade social. A concentração começou às 6h, no Busto de Tamandaré, onde foram montadas tendas que abrigaram as equipes de apoio do evento, exposição de esculturas feitas pelas equipes da Emlur, com material reciclável, e show com a cantora Gracinha Telles. A programação, que também incluiu dança, contou ainda com a animação do palhaço Pipi.  

Serviço – A Secretaria Extraordinária de Políticas Públicas para as Mulheres funciona no Paço Municipal, no Centro; Telefones: 3213-7352 (gabinete) e 3213-7351 (recepção) e ainda pelo telefone institucional 98654-6332, de segunda a sexta-feira.

  • Texto: Djane Barros, Max Oliveira e Thadeu Rodrigues
    Edição: Andrea Alves
    Fotografia: Sérgio Lucena e Carlos Nunes

Tags:

Compartile: