João Pessoa: 17 de abril de 2024

Funesc comemora 37 anos do Teatro Santa Catarina com feirinha, espetáculos e show da Mostra Matriz

Publicado em: 13 de março de 2024

teatro santa catarina2.jpeg
o casamento da mulher de branco3.jpeg
Gatunas2.jpeg
L) FOTO EM ALTA - Recreio Produções.jpg
Gatunas.jpeg

Inaugurado em 13 de março de 1987 no município de Cabedelo, o Teatro Santa Catarina está completando 37 anos nesta quarta-feira (13). Para comemorar a data, a Fundação Espaço Cultural da Paraíba, hoje responsável pela sua administração, montou uma programação que conta com feirinha de artesanato com a participação das artesãs do coletivo Cabedelo Criativa, além do espetáculo “O Casamento da Mulher de Branco”, adaptado da obra de Altimar Pimentel sob direção de Edilson Alves. As atividades começam às 17h, na área externa.

No fim de semana, o clima de comemoração continua com as atrações da Mostra Matriz em homenagem ao Mês das Mulheres. No sábado (16), às 19h30, a banda Gatunas se apresenta no palco do teatro. No domingo, o público é convidado a mergulhar na comovente narrativa de “Gisberta: Basta um nome para lembrarmos de um ódio”, com Letícia Rodrigues (Cara Dupla Coletivo de Teatro), a partir das 19h30. Nos dias de atividades, a entrada é gratuita e a distribuição de senhas começa com uma hora de antecedência.

Sobre o teatro – Possui capacidade para 167 lugares, sendo cinco adaptados para pessoas com necessidades especiais. O Teatro Santa Catarina surgiu da ideia de construir um local apropriado para as apresentações do grupo de Teatro Experimental de Cabedelo (Teca), criado no final dos anos de 1970. Na época, a companhia era formada por mais de 30 pessoas, e dirigida pelo teatrólogo e folclorista brasileiro Altimar Pimentel, falecido em 2008.

Sinopse “O Casamento da Mulher de Branco” – Casamento de Branco é um espetáculo baseado no encanto do teatro de bonecos, com adaptação do texto original de Altimar Pimentel. A montagem mergulha profundamente no universo do teatro de bonecos e narra a história envolvente de um coronel avarento que força sua filha a casar com um primo indesejado. E é nesse enredo astuto que a comédia se desenrola, garantindo leveza e muito humor para o público. O espetáculo conta com a direção de Edilson Alves, direção coreográfica de Adriano Marcos, plano de luz e iluminação de Eloy Pessoa, sonoplastia e preparação de elenco de Tony Silva, direção musical de Carlos Anísio, cenografia da Secretaria de Cultura de Cabedelo e Cia de Teatro Argonautas, figurinos de Nelson Alexandre. A classificação indicativa é livre.

Sinopse ‘Gisberta – Basta um nome para lembrarmos de um ódio’ – Apresentada pelo Cara Dupla Coletivo de Teatro. A atriz Letícia Rodrigues traz à vida a história de Gisberta Salce Júnior, vítima de transfobia em 2006, na cidade do Porto, em Portugal. Baseado na história de vida e morte de Gisberta, o trabalho mistura passado e presente, entre Brasil e Portugal dos últimos anos, construindo, num tom de denúncia, uma narrativa acerca da transfobia em ambos os países. A classificação indicativa é 16 anos.

Banda Gatunas – Com Ruanna Gonçalves (guitarra e vocais), Morgana Morais (baixo e vocais), Marcondes Orange (bateria) e Adrielly Oliveira (teclado e sintetizadores), a banda vem se destacando nacionalmente com seu trabalho autoral de resistência política e empoderamento feminino. A fim de apresentar esse novo trabalho, a banda preparou um show no qual o disco é executado integralmente e, em seguida, são apresentados seus sucessos mais antigos e faixas do primeiro EP, Gata de Rua (2020). Em 2022 e 2023, a banda circulou com esse show por diversas cidades, como: Cabedelo (PB), Sousa (PB), Natal (RN), Juazeiro do Norte (CE) e Crato (CE). Mais do que uma apresentação musical, Gatunas traz ao palco suas vivências enquanto mulheres e artistas e, com muito protagonismo, assumem a liderança do palco, onde expressam suas dores e amores, suas lutas e suas conquistas, envolvendo o público com sua energia única! Atualmente, está em fase de produção do seu novo disco, “Patuá”, que será lançado ainda no primeiro semestre de 2024.

Serviço

Teatro Santa Catarina – 37 anos

Cabedelo

Artesanato – Música – Teatro

 

Programação

13/03, quarta-feira

17h às 21h – Feirinha de Artesanato, com artesãs da Rede Cabedelo Criativa

Local: área externa

19h30 – Espetáculo “O Casamento da Mulher de Branco”, adaptado da obra de Altimar Pimentel sob direção de Edilson Alves

 

Mostra Matriz 2024 – Mês das Mulheres

16/03, sábado

19h30 – Show da banda Gatunas

17/03, domingo

19h30 – Espetáculo “Gisberta: Basta um nome para lembrarmos de um ódio”, com Letícia Rodrigues (Cara Dupla Coletivo de Teatro)

 

SECOM

Tags:

Compartile: