João Pessoa: 15 de julho de 2024

Com serviço de fonoaudiologia, Hospital Santa Isabel garante cuidado integrado aos pacientes internos

Publicado em: 20 de fevereiro de 2024

Pacientes internos do Hospital Municipal Santa Isabel (HMSI) contam com um serviço especializado de fonoaudiologia. Além da reabilitação das funções orais, a equipe de fonoaudiólogos faz abordagens preventivas e de promoção de saúde, tanto nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), como na clínica médica, cirúrgica e no Serviço de Cirurgia Bariátrica.

No Santa Isabel, os fonoaudiólogos hospitalares trabalham em estreita colaboração com uma equipe multidisciplinar, que inclui médicos, enfermeiros, nutricionistas, assistentes sociais, psicólogos e outros profissionais de saúde, para garantir um cuidado integrado e completo aos pacientes. “Os fonoaudiólogos são parte de um time que tem como objetivo garantir bem-estar e qualidade de vida àqueles que precisam”, enfatiza a médica Cleidilene Lacerda, que coordena o serviço de Fonoaudiologia do HMSI.

Ela explica que o profissional atua de forma interdisciplinar, para a promoção, proteção e recuperação da saúde do paciente, objetivando prevenir ou minimizar complicações e sequelas a partir do gerenciamento da alimentação e da comunicação, de maneira segura e eficaz, através da realização de triagem, avaliação, habilitação e reabilitação das funções orofaciais e da comunicação humana.

Nessa área, busca ampliar as perspectivas prognósticas, reduzir o tempo de internação, assim como as taxas de reinternação, visando sempre a melhoria da qualidade de vida dos pacientes e participando ativamente no momento da alta hospitalar com orientações aos familiares junto à equipe multidisciplinar.

“No atual contexto do nosso serviço, o fonoaudiólogo também está inserido para a prevenção da pneumonia associada à ventilação mecânica nas UTI´s, visto que há fatores de risco para o desenvolvimento da disfagia em pacientes criticamente doentes, entre eles, a intubação orotraqueal. Após 24 horas de extubação, o fonoaudiólogo é o responsável pela avaliação, habilitação e reabilitação funcional das estruturas orofaríngeas envolvidas na deglutição de saliva, líquidos ou alimentos de qualquer consistência, proporcionando ao paciente melhores condições de alimentação e, consequentemente, melhores possibilidades de recuperação”, ressalta Cleidilene Lacerda.

Atendimentos diários – Atualmente, no HMSI, o serviço é gerido de modo que a fonoaudiologia faça atendimentos diários nos leitos de pacientes internos com solicitações de pareceres e busca ativa nas enfermarias (cirúrgica e clínica médica) e UTIs, bem como prestar continuidade aos pacientes que necessitam de acompanhamento fonoaudiológico.

Se enquadram no perfil de atendimento em âmbito hospitalar pacientes que apresentam quadros de disfagia, traqueostomia, quadros neurológicos e pacientes que estejam em processo de habilitação ou reabilitação alimentar.

Cirurgia bariátrica – O fonoaudiólogo desempenha uma importante função no Serviço de Cirurgia Bariátrica do Hospital Santa Isabel, referência em tratamento da obesidade no Estado. É o profissional capaz de avaliar e orientar quanto à qualidade e quantidade alimentar no que diz respeito ao modo de ingestão dos alimentos em cada porção, favorecendo, assim, o equilíbrio nutricional e a interação social frequente em momentos de alimentação.

“A Fonoaudiologia tem papel fundamental no processo de adaptação do indivíduo submetido à gastroplastia, independentemente da técnica utilizada, onde a pessoa necessita de um aprendizado para o novo modo de alimentação, favorecendo, dessa forma, o sucesso bariátrico com a melhora de qualidade de vida”, conclui a especialista.

Após a alta hospitalar, caso o paciente necessite da continuidade do atendimento fonoaudiológico, são realizadas as orientações necessárias, assim como o encaminhamento para o serviço de atenção especializada da Rede Municipal de Saúde.

  • Texto: Glaudenice Nunes
    Edição: Cristina Cavalcante
    Fotografia: Arquivo/assessoria

Tags:

Compartile: