João Pessoa: 23 de julho de 2024

Corredor Turístico apresenta J. Pistão e naipe de Trombones da Rubacão Jazz nesta quarta-feira

Publicado em: 16 de janeiro de 2024

O projeto Corredor Turístico, também chamado de Música no Centro, apresenta nesta quarta-feira, (17), no polo da Academia Paraibana de Letras (APL), a partir das 17h, o grupo J. Pistão, grupo de naipes do Rubacão Jazz. Na quinta-feira (18) é a vez do quinteto instrumental do grupo se apresentar, no mesmo horário e local. Na sexta-feira (19), a big band retorna com um repertório voltado para a MPB, Música Nordestina e Pop.

A entrada é aberta ao público, não precisa pagar pelo ingresso, apenas entrar no Sympla (https://abre.ai/hXDC ) e garantir seu voucher de entrada, uma vez que a APL e o Centro Cultural de São Francisco são espaços com lotação reduzida.

O Corredor Turístico da Duque de Caxias é um projeto que está inserido no programa Viva o Centro, implementado pela Prefeitura de João Pessoa em parceria com o Governo do Estado, para promover a revitalização do Centro Histórico da Capital.

Por enquanto, está confirmada no Centro Cultural de São Francisco até o momento, a Ave Maria cantada pela soprano Izadora França e o grupo J. Pistão é formado por quatro trompetistas acompanhados de um baterista. J Pistão é um grupo instrumental formado pelo naipe de trompetes da Big Band Rubacão Jazz, procurando resgatar músicas de compositores nordestinos sempre com um enfoque diferenciado, inovador e mais popular.

A apresentação do J. Pistão tem como principais características a descontração, alegria e a interação com o público, a fim de apresentar músicas de compositores nordestinos e demais gêneros musicais brasileiros. O grupo é composto pelos trompetistas Eudes Nascimento, Maurílio Souza, Geilson Nascimento, Lucas Ferreira e pelo baterista Fábio Lima.

As apresentações têm agradado ao público, a exemplo do professor de Geografia, o carioca, Paulo Ribeiro Maia, que estava em viagem turística com a família na cidade. “A primeira música que ouvi já me cativou. Assim que o show começou na apresentação, eu entrei em sintonia com eles. Agora vou procurar me informar melhor sobre esse grupo que eu não conhecia e já me tornei fã. Gostei de todas as músicas, a primeira era mais introspectiva e sensível, né? A outra exteriorizava a alegria e tinha um ritmo animado com o frevo”, comentou o professor.

Projeto Turístico da Duque de Caxias – O projeto visa a promoção de um ambiente cultural criativo, pautado no reconhecimento da forte presença da atividade musical na cidade. Esse efervescente cenário da música popular e erudita busca conferir o “tom local” na construção de uma imagem renovada do Centro Histórico de João Pessoa. Na primeira fase, são quatro meses de apresentações de janeiro a abril, em dois diferentes locais, todas as quartas, quintas e sextas-feiras.

O secretário de Ciência e Tecnologia, Guido Lemos, comentou que este projeto é uma grande parceria da Secitec com as Secretarias de Turismo, Comunicação Social, Fundação Cultural de João Pessoa, Semob e do Centro de Comunicação, Turismo e Artes da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). O secretário contou que vários estudos de prospecção, impacto, por meio da tecnologia, que foram realizados no local para verificar as possibilidades para o desenvolvimento urbano, turístico e econômico.

Um dos idealizadores do projeto, David Campos Fernandes, explicou que a intenção é converter a Rua Duque de Caxias em um lugar criativo com base na promoção de atividades de turismo, hospitalidade e no envolvimento da comunidade artística.

Em breve serão cinco pontos de cultura distribuídos ao longo da Duque de Caxias. O primeiro deles é o da APL e Centro Cultural de São Francisco. Estão programados ainda outros pontos ao longo da avenida.

O secretário de Turismo, Daniel Rodrigues, comentou que o lazer e a qualidade do espaço público são indissociáveis dos novos padrões de urbanidade e turismo. O projeto irá também dar condições ao desenvolvimento do comércio local com a taxação de serviços inovadores, que associados à cultura são vistos como novas alternativas dirigidas ao turismo.

Serviço

Corredor Turístico – Música no Centro Polo APL

Quarta-feira (17) – 17h, J. Pistão, grupo de naipes do Rubacão Jazz
Quinta-feira (18) – 17h, Quinteto instrumental Rubacão Jazz
Sexta-feira (19), 17h, A big band retorna com um repertório voltado para a MPB, Música Nordestina e Pop.

  • Texto: Adriana Crisanto Monteiro
    Edição: Lilian Moraes
    Fotografia: Gerson Acioly

Tags:

Compartile: