João Pessoa: 22 de julho de 2024

Sejer inicia 2024 com mais projetos, ações esportivas e apoio para atletas de alto rendimento

Publicado em: 4 de janeiro de 2024

Portal WSCOM

Na temporada passada, a Secretaria de Juventude, Esporte e Recreação (Sejer), da Prefeitura de João Pessoa, promoveu diversas atividades. A pasta fechou o ano com mais de 20 projetos que atendem crianças, adolescentes e adultos. Para 2024, a gestão quer repetir os eventos e a implementação do “Projeto João Pessoa Medalha”, que visa apoiar atletas de alto rendimento que representem a cidade em competições regionais, nacionais e internacionais.

“É uma grande vitória da gestão. Esse programa vai mudar o esporte da cidade, e é um dos maiores legados que iremos deixar. Tenho certeza que vai contribuir muito para os atletas iniciantes e os de alto rendimento. Os atletas que forem para as competições regionais, nacionais e internacionais (oficiais), que ficarem até o terceiro lugar terão um incentivo financeiro da Prefeitura, uma retribuição financeira como reconhecimento”, revelou Kaio Márcio, o secretário de Juventude, Esporte e Recreação.

Outra novidade, é a ampliação do “Campeões do Amanhã”, programa que insere crianças da Rede Municipal de Ensino na prática esportiva, onde propõe – na maioria delas – a inclusão no programa olímpico. Hoje, o projeto é distribuído em 19 modalidades esportivas: futebol (masculino e feminino), futsal, handebol, voleibol, vôlei de praia, basquete, ginástica rítmica e artística, jiu-jitsu e para jiu-jitsu, canoagem olímpica e oceânica, natação, natação no mar, pólo aquático, triatlhon, tênis e beach tennis.

“O grande sonho é ampliar para 21 modalidades, onde iremos acrescentar o surfe e o skate, que já são modalidades olímpicas. Temos muito potencial aqui em João Pessoa, principalmente o skate, onde temos excelentes pistas. O surf, por exemplo, seria mais uma iniciação mesmo, devido ao mar, mas conseguiremos fazer. Eu acredito que são projetos que conseguimos emplacar e que serão sucesso de público como acontece nas outras modalidades”, explicou.

Calendário de realizações em 2023 – O primeiro evento da Sejer foi em março, com o Festival de Futebol do Campeões do Amanhã e o 2º Encontro de Capoeira e o estadual de corrida de orientação. Ao longo do primeiro semestre, ainda foram realizados: Torneio João Pessoa Cup de Futebol de 7, Festival de Futsal, Festival de Ginástica Artística, Basquete e a Copa Futmesa, inserida no ‘Torneio das Comunidades’ em parceria com a Central Única das Favelas (Cufa).

No segundo semestre, os eventos tiveram início ainda em julho com competições no vôlei e handebol. A 3ª edição da Maratona Internacional reuniu mais cinco mil atletas de todo o Brasil e até do Quênia, e confirmou a tradição da cidade para a prática de esportes saudáveis. A prova que teve distâncias de 5km, 10km, 21km e 42km, foi vencida pelo queniano Justin Morse. No Feminon, Marily dos Santos foi a grande campeã.

Ainda era agosto, e no mês de aniversário de João Pessoa, a Prefeitura inaugurou a primeira academia ao ar livre. O equipamento serve, de maneira gratuita, aos praticantes de atividades físicas, e já conta com mais de 5 mil atletas inscritos.

A Copa Brasil de Paraciclismo desembarcou na cidade, com a participação de 112 atletas divididos em 13 categorias. A competição foi a última da temporada e formou a Seleção Brasileira, que disputou os Jogos Parapan-Americanos, no Chile. Quem retornou ao município foi o Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, onde foram sediados os torneios Aberto e Top-12, o Sub-21 e a final do Elite-16 do Circuito Mundial.

Outro grande evento realizado pela pasta foi a Copa João Pessoa de Futebol. Pelo segundo ano consecutivo, doze equipes disputaram o torneio no feminino, que teve como campeã as meninas do Brisamar. Já no naipe masculino, após 20 anos, a seleção de Cruz das Armas garantiu o título.

Natação – Cinco praias urbanas a nado. Esse foi o desafio dos 120 atletas que concluíram a disputa da 2ª edição da Ultramaratona Aquática de natação no mar. A prova teve largada na praia do Seixas até a orla do Bessa – em duas modalidades simultâneas – no individual e revezamento de 4×4, com distância de 13km.

A capital também respirou ciclismo, e recebeu uma das provas mais importantes do esporte mundial, a Gran Fondo, que teve o desafio em dois percursos: 109 km (longo) e 84 km (curto).

No calendário aconteceu ainda o primeiro Grand Slam de Artes Marciais, que reuniu 500 atletas, distribuídos em oito diferentes modalidades, no Centro de Treinamento Ivan Tomaz, como também a Bicicletada do Natal com o percurso saindo do Busto de Tamandaré, sentido Parque Solon de Lucena, e retornando ao local de partida, e Corrida do Natal.

E para finalizando o ano, a Sejer ainda promoveu na Academia ao Ar Livre, mais um Festival João Pessoa Fitness, que contou com um circuito funcional, aulas de ginástica e de dança, tudo gratuito.

 

 



Tags:

Compartile: