João Pessoa: 25 de fevereiro de 2024

Repatriação: FAB aguarda liberação de brasileiros em Rafah para decolar do Rio de Janeiro

Publicado em: 7 de dezembro de 2023

Repatriação: FAB aguarda liberação de brasileiros em Rafah para decolar do Rio de Janeiro

Por Paraíba Master

O segundo avião com a missão de busca de brasileiros na área mais crítica do conflito na Faixa de Gaza aguarda a liberação dos futuros repatriados que estão em Rafah, para então decolar da Base Aérea do Galeão (BAGL), no Rio de Janeiro (RJ).

Segundo a FAB, os brasileiros e familiares devem primeiro ser autorizados a cruzar a fronteira rumo ao Egito.

A decolagem estava anteriormente prevista para as 9h desta quinta-feira, e pouso nesta sexta-feira (8). A aeronave utilizada na missão será a 11ª disponibilizada pela Força Aérea Brasileira (FAB) para repatriar brasileiros da região afetada pela guerra entre Israel e Hamas.

É na capital do Egito que a tripulação vai aguardar as 102 pessoas que pediram resgate.

A lista de repatriação — a segunda elaborada pela diplomacia brasileira — está nas mãos de autoridades egípcias e israelenses desde novembro. O grupo aguarda, em Rafah, a liberação para cruzar a fronteira.

Segundo integrantes da missão de repatriação, a expectativa é que as autorizações sejam concedidas a partir desta quinta-feira (7). Um dos integrantes da lista afirmou que as famílias já foram avisadas de que “a hora da partida está próxima”.

Grupo reunido

O Itamaraty mantém contato permanente com o grupo. Além de oferecer suprimentos e abrigo, também tem fornecido transporte e atendimento psicológico remoto. Inclusive, a aeronave está indo carregada com 11 toneladas de alimentos não perecíveis para doação humanitária.

A representação do Brasil na Palestina informou na quarta-feira (6) que já reuniu 85 brasileiros e familiares na cidade de Rafah, na fronteira da Faixa de Gaza com o Egito. Eles foram acomodados em quatro imóveis alugados pelo governo brasileiro.

Do grupo de 85 pessoas, 74 estavam em Khan Yunis, cidade do sul de Gaza que se tornou alvo da ofensiva israelense. Esse grupo foi deslocado de ônibus para Rafah em uma operação que terminou sábado (2). As outras 11 pessoas estavam nas localidades de Deir Al Balah e Nuseirat.

Paraíba Master com informações da CNN Brasil 

Compartile:

Tags: