João Pessoa: 1 de março de 2024

Vacina Mais Paraíba conquista o segundo lugar na mostra nacional ExpoEpi em Brasília

Publicado em: 13 de novembro de 2023

WhatsApp Image 2023-11-10 at 16.17.00.jpeg

O trabalho “Vacina Mais Paraíba: estratégias de educação permanente nas ações de imunização do estado da Paraíba” conquistou o segundo lugar na modalidade oral da 17ª Mostra Nacional de Experiências Bem-Sucedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças (ExpoEpi), promovida pela Secretaria de Vigilância em Saúde, órgão ligado ao Ministério da Saúde. Esta é a primeira vez que uma experiência da Paraíba ocupa uma posição entre os três vencedores do evento. O projeto Vacina Mais Paraíba foi implantado pelo Governo da Paraíba com ações voltadas para os profissionais e para a população com o objetivo de ampliar e melhorar os índices de coberturas vacinais no estado. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) recebeu um prêmio de R$ 30 mil.

A chefe do Núcleo de Imunizações, Márcia Mayara, destaca que o prêmio representa o esforço coletivo da SES, do Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems), dos secretários municipais e da sociedade paraibana. Ela pontua que o reconhecimento só demonstra que a Paraíba está no caminho certo na prevenção de doenças. “É válido destacar que todas as ações desenvolvidas dentro do projeto objetivaram levar a vacina para toda a população e, com isso, aumentar as coberturas vacinais do estado. Estamos muito felizes com esse momento em que a Paraíba é destaque nacional”, enfatizou.

O projeto Vacina Mais Paraíba foi implantado pelo Governo da Paraíba em 2022 e tem como propósito trabalhar no desenvolvimento de ações de fortalecimento em três eixos: qualificações – para o fortalecimento da operacionalidade dos imunobiológicos pela assistência; comunicação – fortalecendo a importância da vacinação, estabelecendo uma rede de colaboração interinstitucional para buscar a melhoria da cobertura vacinal e sistemas de informação – aprimorando o fluxo de registro, análise e trabalho com os dados vacinais.

As ações do projeto contaram com a contratação de 19 enfermeiros apoiadores focais e dois coordenadores de macrorregiões para atuarem junto aos gestores de imunização das gerências, para o fortalecimento das ações de imunização; avaliação e diagnóstico situacional das 1.198 salas de vacina, por meio da aplicação de um monitoramento e realizou uma oficina sobre calendário vacinal com 6.901 agentes comunitários de saúde, bem como a construção e implantação de procedimentos operacionais padrão.

O projeto ofertou também uma oficina de boas práticas e atualização do calendário vacinal com 2.322 profissionais da atenção primária à saúde e gestores de imunização nas salas de vacina. Além da capacitação de 252 profissionais em sistemas de informação da imunização e o monitoramento diário da vacinação nos períodos de campanha e vacinas de rotina. Além de todas essas iniciativas realizadas pela SES, entre o primeiro e segundo semestre de 2022, verificou-se uma melhoria dos resultados na cobertura vacinal em crianças menores de um ano de idade.

A iniciativa já foi premiada no 7th Internacional Symposium on Inmunobiologicals (7º Simpósio Internacional de Imunobiológicos), realizado em maio de 2023, no Campus da Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro. O simpósio teve como foco o fomento à inovação, à geração de conhecimento de ponta para acelerar o desenvolvimento de soluções em biotecnologia para os problemas de saúde pública.

SECOM

Compartile:

Tags: