João Pessoa: 24 de maio de 2024

Candidato a presidente do Equador é assassinado a tiros

Publicado em: 10 de agosto de 2023

Brasil 247

O candidato a presidente do Equador Fernando Villavicencio foi assassinato nesta quarta-feira (9) com três tiros na cabeça depois de sair de um encontro político na cidade de Quito, capital do país, de acordo com a mídia equatoriana. Assessores de Villavicencio confirmaram a morte.

O postulante era do partido MC25, de centro-direita. A sigla quer dizer Movimiento Concertación (Movimento Consertação), que, nos últimos dez anos, perdeu uma parte de seus membros para o Movimento CREO, Criando Oportunidades, fundado em 2007 pelo atual presidente equatoriano, Guillermo Lasso, ex-banqueiro.

A presidente do Conselho Nacional Eleitoral, Diana Atamaint, deu alertas para a população e disse que os funcionários públicos “estão expostos a essas circunstâncias, não apenas a receber ameaças, mas também à violência política”, como insultos em redes sociais. Em 20 de agosto, vão acontecer as eleições para presidente, vice-presidente e os 137 parlamentares em 20 de agosto.

O Equador enfrenta, nos últimos anos, a violência ligada ao narcotráfico, que, durante o processo eleitoral, resultou na morte de um prefeito e um candidato a deputado, além de ameaças a um presidenciável. A criminalidade aumentou em 2022, quando a taxa de homicídios atingiu 25 a cada 100 mil habitantes, enquanto, até junho, era de 18 em 2023.

 

Tags:

Compartile: