João Pessoa: 15 de julho de 2024

Comuns e até fatais, erros médicos têm como serem responsabilizados

Publicado em: 20 de julho de 2023

Na maioria das profissões é possível evitar erro antes que alguém se machuque, mas na medicina é diferente, pois a falha pode gerar danos físicos, morais, emocionais, financeiros, estéticos e até a morte, onde no atestado de óbito esse motivo não será declarado, pois o erro médico não consta na lista de possíveis causas de óbito, o que o torna muito mais difícil de identificar e combater.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, um em cada três pacientes perde a vida por esse ato por ação ou omissão equivocada e não-intencional. No Tambaú Imóveis e Negócios do próximo sábado (22) as advogadas especialistas no direito médico tratarão durante entrevista sobre as principais consequências para as vítimas e para os profissionais médicos.

“Lamentavelmente esses erros ainda são comuns, e muitas não sabem distingui-los entre imperícia, imprudência e negligência (inclusive hospitalar) a exemplo de diagnóstico incorreto e cirurgia equivocada para chamar judicialmente à responsabilidade inclusive o SUS e os planos de saúde, daí a importância de aprofundarmos o tema”, afirmou o apresentador e também advogado Rômulo Soares.

Sobre o Programa

Vai ao ar todos os sábados pela TV Tambaú SBT, com transmissão simultânea pelo www.portalt5.com.br e traz sempre entrevistas com qualificados profissionais sobre importantes temas e proporciona participação dos telespectadores/internautas por meio do número (83) 99900-3844 (WhatsApp).

Além do Giro de Ofertas por conceituadas construtoras, incorporadoras e imobiliárias de empreendimentos voltados a clientes de diversas faixas de renda, um outro quadro que se destaca é o Momento Imobiliário, protagonizado pelo presidente do Conselho Federal de Corretores de Imóveis, João Teodoro.

Tags:

Compartile: