João Pessoa: 20 de maio de 2024

Cine Banguê festeja 50 anos de ‘O massacre da serra elétrica’ com sessão à meia-noite

Publicado em: 19 de abril de 2023

Atenção amantes do terror: o Cine Banguê do Espaço Cultural José Lins do Rêgo, na Capital, terá sessão especial para festejar os 50 anos do filme ‘O massacre da serra elétrica’. A exibição da cópia remasterizada em 4k será no próximo sábado (22).

A sessão à meia-noite (do sábado para o domingo) terá apresentação do cineasta Ramon Porto Mota, da produtora paraibana de filmes Vermelho Profundo. A noite também terá sorteio do cartaz do filme. Os ingressos são limitados (120 lugares) e custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Ramon produziu e dirigiu os longas-metragens ‘O nó do diabo’ e ‘A noite amarela’, premiados no 50º Festival de Brasília e Brooklyn Horror Film Festival. Esses dois longas paraibanos estiveram em cartaz no Cine Banguê.

A abertura do Espaço Cultural para a entrada do público será a partir das 23h, com liberação da entrada na sala do cinema às 23h30. O sorteio do cartaz será às 23h40, com exibição do filme à meia-noite.

Os ingressos estão sendo vendidos apenas antecipadamente na bilheteria do Cine Banguê. O acesso será realizado pela entrada do estacionamento, ao lado do banco Bradesco, e somente será permitida a circulação do público no espaço do Cine Banguê.

Conforme a gerência do cinema, o ingresso é pessoal e intransferível. Somente será permitida a entrada no Espaço Cultural José Lins do Rego com a apresentação do ingresso e documento de identificação pessoal.

A classificação indicativa do filme é de 18 anos. Adolescentes a partir dos 16 anos podem entrar desde que acompanhados do responsável ou com autorização assinada e cópia dos documentos do responsável.

Clássico – Um dos clássicos do segmento de filmes de terror, ‘O massacre da serra elétrica’ tem direção de Tobe Hooper e foi lançado em 1974. Esse longa-metragem é referência para filmes de terror contemporâneos e tem uma legião de fãs.

O retorno de Leatherface e seu clã macabro marca os 50 anos do início das filmagens do longa de Hooper. O filme é inspirado na vida do psicopata americano Ed Gein, que se cobria com a pele de vítimas escalpeladas e violava túmulos para colecionar órgãos de cadáveres.

O filme conta a história de cinco amigos que viajam a uma região rural do Texas e, no caminho, se deparam com uma casa abandonada. Eles logo descobrem que uma família de psicopatas vive ali.

‘O massacre da serra elétrica’ estreou em 1 de outubro de 1974, em Austin, Texas, quase um ano após ter-se concluído a filmagem. Sua arrecadação o posicionou como o 12º filme de maior bilheteria de 1974, apesar de seu baixo orçamento.

Programação de abril – Durante este mês, estão sendo exibidos 10 longas-metragens, sendo seis estreias e quatro continuações. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia) e a bilheteria abre uma hora antes da exibição. O pagamento pode ser feito em espécie ou via Pix.

Também entraram em cartaz este mês os filmes ‘Para’í’, ‘O Colibri’, ‘Memória sufocada’, Mali twist’, ‘Belas promessas’ e ‘O massacre da serra elétrica’. Permanecem em cartaz ‘Perlimps’, ‘Mato seco em chamas’, ‘Andança’ e ‘Medusa’.

SECOM

Tags:

Compartile: