João Pessoa: 12 de abril de 2024

Imprensa internacional destaca artesanato paraibano, em exposição no Rio, como uma das atrações a serem visitadas

Publicado em: 6 de março de 2023

WhatsApp Image 2023-03-06 at 05.46.21-3.jpeg

O artesanato paraibano segue conquistando ainda mais visibilidade. Uma matéria do jornal “The New York Times”, sobre as belezas do Rio de Janeiro, inclui o segmento como uma das grandes atrações do Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro (Crab) e traz como ilustração fotos da exposição “Paraíba – um estado de artesanato”, realizada no local, que foi prorrogada até o dia 31 de março — a mostra com a participação de mais de 100 artesãos se encerraria no próximo dia 15 e ocorre desde meados de dezembro do ano passado.

Na matéria, publicada no caderno de Turismo na edição de sexta-feira (3), ao citar os sete anos de existência do Crab, o “New York Times” destaca a exposição do trabalho dos artesãos paraibanos, pontuando os grupos indígenas, que inclusive foram homenageados na realização do 35° Salão do Artesanato Paraibano, realizado de 13 de janeiro a 5 de fevereiro em uma megaestrutura na Orla marítima de João Pessoa, com recorde de inscritos — 539 artesãos ao todo — e de comercialização, com mais de R$ 2,5 milhões.

A primeira-dama do Estado e presidente de Honra do Programa do Artesanato Paraibano, Ana Maria Lins, externou o sentimento de alegria pela visibilidade que o artesanato paraibano vem conquistando. “Essa visibilidade é muito importante para reafirmar o poder do nosso artesanato, entendido como segmento cultural, mas também como uma atividade de ocupação e geração de renda. Este Governo não medirá esforços para que novos caminhos continuem a ser trilhados”, comentou.

Para a secretária de Estado do Turismo e Desenvolvimento Econômico (Setde), Rosália Lucas, a valorização do artesanato paraibano é o reconhecimento da seriedade com que as ações do Governo em prol do segmento vêm sendo tratadas. “Com as ações adotadas pelo governador João Azevêdo, instituições privadas e públicas vêm fortalecendo o olhar sobre a viabilidade do nosso artesanato. Isso promove inclusão social, gera renda, fomenta a nossa cultura”, comentou.

Já a gestora do PAP, Marielza Rodriguez, ressaltou que o êxito do artesanato paraibano é o resultado de uma política bem delineada pelo Governo do Estado em parceria com diversas instituições. “Quando se tem um projeto claro, um projeto que diz de forma inequívoca aonde se quer chegar, isso gera credibilidade. O resultado? Parceiros importantes como o Sebrae e outras instituições, com o apoio da imprensa e, principalmente, da população”, disse.

Prorrogação — Com a curadoria do designer Renato Imbroisi, que há mais de 20 anos conhece o artesanato paraibano, a exposição “Paraíba — um estado de artesanato” foi prorrogada e vai até o dia 31 de março, e não mais até o próximo dia 15.

A mostra, que está sendo realizada no Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro, presenteia os visitantes com o que há de mais genuíno do artesanato paraibano de todas as regiões do Estado — com a participação de 100 artesãos. Renda renascença, artesanato indígena, algodão colorido e cerâmica são algumas das tipologias expostas, em um período de alta estação da capital fluminense.

SECOM

Tags:

Compartile: