João Pessoa: 20 de maio de 2024

Técnicos dos ELOs no Complexo Beira Rio são capacitados para atender mulheres vítimas de violência

Publicado em: 3 de março de 2023

A Prefeitura, por meio do Programa João Pessoa Sustentável, realizou, na manhã desta quinta-feira (2), capacitação para os técnicos dos quatro Escritórios Locais de Gestão (ELOs) do consórcio que está executando o Plano de Desenvolvimento Comunitário nas oito comunidades do Complexo Beira Rio. O objetivo é que esses profissionais conheçam as nuances da violência contra a mulher no território, para que saibam identificar vítimas e oferecer um atendimento humanizado, fazendo o devido encaminhamento para a rede de apoio. O trabalho conta com o suporte da equipe da Secretaria da Extraordinária de Política Pública para as Mulheres (SEPPM).

“Esse trabalho consiste em levar à equipe multidisciplinar do consórcio a atuação do poder público na luta da violência contra mulher. Desse modo, a ideia nesse primeiro momento é informar sobre todos os serviços e fluxos para atendimento que a Secretaria das Mulheres oferece, como também, preparar às equipes dos Elos para atender a mulher vítima de violência doméstica ou qualquer outro tipo de violência”, afirmou Joelma Silvestre, coordenadora de Aspectos Sociais do Programa João Pessoa Sustentável.

De acordo com Ana Carolina Gondim, diretora de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, da SEPPM, “a capacitação dos técnicos que trabalham nos ELOs é necessária e importante porque, a partir de agora, estarão aptos a identificar nas comunidades do Complexo Beira Rio possíveis casos de violência contra as mulheres, sobretudo a violência doméstica e familiar, e proceder os encaminhamentos à rede de atendimento municipal de forma correta”, pontuou.

A segunda etapa da capacitação será no dia 4 de abril e abordará a temática da ‘Violência contra as mulheres e masculinidades’. “Esse processo é a continuidade do trabalho do Projeto João Pessoas, cidade inclusiva e diversa, que também está inserido no João Pessoa Sustentável e será concluído em abril”, explicou Joelma Silvestre.

João Pessoas – O projeto visa capacitar agentes públicos para a prevenção e o enfrentamento à violência, discriminações e fobias sofridas pelas populações mais vulneráveis: mulheres, população LGBTQIAP+, afrodescendentes, populações tradicionais, pessoas com deficiência, migrantes e refugiados (as).

Plano de Desenvolvimento Comunitário – É voltado para a redução dos riscos sociais gerados pelas intervenções de requalificação urbana e ambiental nas oito comunidades da Beira Rio. O PDC baseia-se em três eixos: implementação das atividades sociais, elaboração e implementação dos planos executivos de reassentamento e relocalização e, por último, a elaboração e implementação do plano de desenvolvimento territorial. Este tem base em três pilares: sustentabilidade ambiental, geração de trabalho e renda e inclusão de gênero.

Esse é um dos grandes projetos que beneficia quase 2 mil famílias e tem como base trazer melhorias para as comunidades que formam o Complexo Beira Rio.

João Pessoa Sustentável – O Programa, orçado em 200 milhões de dólares, está previsto para ser executado até 2026. São mais de 90 ações voltadas para a redução das desigualdades, modernização dos instrumentos de planejamento urbano, da prestação de serviços e da administração pública e fiscal. Por meio do Programa, a Prefeitura de João Pessoa vai trazer dignidade e qualidade de vida para centenas de famílias que vivem em área de risco.

  • Texto: Geanne Lima
    Edição: Cristina Cavalcante
    Fotografia: assessoria ELO

Tags:

Compartile: