João Pessoa: 22 de maio de 2024

Governo firma parceria com ong para qualificar profissionais do serviço Família Acolhedora

Publicado em: 16 de fevereiro de 2023

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh), firmou parceria com o Instituto Fazendo História para supervisão e qualificação dos profissionais envolvidos no Serviço de Acolhimento Familiar regionalizado, visando aumentar os índices de acolhimento familiar na Paraíba. A primeira supervisão será no dia 28 de fevereiro de forma on-line.
A parceria se deu a partir de uma indicação do Governo Federal em virtude do pioneirismo da Paraíba na implantação do Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora Regionalizado. A dinâmica do Instituto é reunir mensalmente as equipes do Serviço, por meio de supervisões on-line e presenciais. Serão capacitados cerca de 240 profissionais dos 11 pólos regionalizados.
Os detalhes da parceria foram definidos durante reunião virtual, nessa terça-feira (14). A secretária de estado do Desenvolvimento Humano, Pollyanna Dutra, ressaltou a importãncia da Paraíba ser contemplada com esse projeto e da parceria com o Instituto Fazendo História “Essa parceria vem contribuir de forma ímpar com o aprimoramento dos nossos profissionais para garantir esse espaço de diálogo e de reflexão dos papeis de cada um deles, que atuam nesta área tão importante. Juntos, alinharemos conhecimentos técnicos e teóricos buscando a formação de profissionais reflexivos e ativos com uma visão integrada da realidade para auxiliarmos cada vez mais a nossa população”, enfatizou.

A apresentação do projeto “Acolhimento Familiar – um direito em todo o Brasil” contou com a participação das gerências executivas da Sedh, secretários municipais de Assistência Social, representantes do Ministério Público, trabalhadores do SUAS e técnicos que atuam com o serviço Família Acolhedora .

FAMÍLIA ACOLHEDORA – É um serviço de acolhimento previsto na Política de Assistência Social organizado de acordo com os princípios do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que torna o acolhimento provisório, e a manutenção da convivência familiar e comunitária para crianças e adolescentes de 0 a 18 anos que foram afastadas de suas famílias por medida de proteção.

Na Paraíba o serviço foi implantado em outubro de 2021 e atualmente possui seis polos implantados (João Pessoa, Guarabira, Esperança, Patos, Princesa Isabel e Itabaiana) atendendo a 113 municípios vinculados, estando prevista ainda a implantação de mais cinco polos até junho de 2023, totalizando 11 polos. Somados às Casas Lares Regionalizadas levarão cobertura de acolhimento para crianças e adolescentes em 100% do território do Estado.

IFH – O Instituto Fazendo História, ong criada em 2005, tem como missão colaborar com o desenvolvimento de crianças e adolescentes com experiência de acolhimento, a fim de fortalecê-los para que se apropriem e transformem suas histórias.

 

 

SECOM

Tags:

Compartile: