João Pessoa: 17 de abril de 2024

Paraíba antecipa distribuição de vacinas bivalentes e municípios podem iniciar vacinação imediatamente

Publicado em: 14 de fevereiro de 2023

WhatsApp Image 2023-02-13 at 16.24.55 (1).jpeg

A Paraíba antecipou a distribuição da vacina bivalente contra covid-19 para esta terça-feira (13), quando 27.972 doses serão entregues aos municípios. Este lote contempla 10% da população com idade a partir de 70 anos residente no estado e que é parte do grupo preconizado para a 1ª fase de aplicação do imunobiológico. A próxima remessa está prevista para o dia 23 de fevereiro.

Nesta segunda-feira (13), por meio de plataforma on-line, foi realizada uma capacitação para todos os municípios sobre o armazenamento e operacionalização da vacina bivalente. Desta forma, os municípios estão preparados para oferecer as doses à população de forma imediata e com segurança ainda esta semana. Participaram da qualificação coordenadores, enfermeiros e técnicos que trabalham nas salas de vacinação de toda Paraíba.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Jhony Bezerra, antecipar a oferta da vacina bivalente é uma maneira de proteger os públicos incluídos na 1ª fase, que são os idosos com 70 anos ou mais, moradores e trabalhadores de instituições de longa permanência, imunossuprimidos com idade a partir de 12 anos e populações indígenas, quilombolas e ribeirinhas. “As aglomerações do carnaval podem ocasionar um novo pico da covid-19 e é importante proteger essa parte mais vulnerável da população desde já com a vacina bivalente”, explica.

O secretário adianta que já está definido o próximo Dia D de vacinação contra covid-19 na Paraíba. “Alinhamos com os municípios que no primeiro sábado de março, dia 04, teremos uma grande mobilização dedicada às vacinas que protegem contra a covid-19. O movimento será para todos os públicos incluídos previamente na campanha: crianças, jovens e adultos. É muito importante que as famílias compareçam para atualizar seus cartões ou iniciar o esquema vacinal contra a doença”.

A Secretaria de Estado da Saúde reforça que a vacina bivalente é um imunobiológico que protege contra a variante original e também contra a variante Ômicron. A oferta acontecerá em cinco fases, e é necessário ter completado o esquema primário de 1ª e 2ª dose da vacina contra covid-19. Aqueles que receberam doses de reforço também podem tomar, desde que a última dose tenha sido recebida há 4 meses ou mais.

SECOM

 

Tags:

Compartile: