João Pessoa: 22 de maio de 2024

GOVERNANÇA CORPORATIVA: Efeitos dos conflitos das agências

Publicado em: 30 de janeiro de 2023

Escreva aqui a legenda da foto

PAPO PARA SOMAR

Contabilidade, Negócios e Empreendedorismo

Muito se fala a respeito da implementação do conceito de governança corporativa nas empresas de todo o mundo, aqui no Brasil também segue esta tendência à harmonização das normais que regem este processo a fim de obter segurança e sustentabilidade no mercado.

Muitas empresas fazem o Isomorfismo no intuito de serem assertivos à prática do mercado com a finalidade de sobrevivência de suas instituições. Um dos grandes dilemas é justamente a eliminação dos conflitos entre as pessoas ligadas a empresa como sócios e diretores (Conflitos de agência) assim como também a questão de evitar o conflito de interesses entre os Shareholders, (acionistas),

Governança corporativa é um conjunto de fatores e normas que busca justamente a afastar possíveis riscos de conflitos de interesse visando uma melhor eficiência operacional da empresa, e consequentemente alcançar os melhores resultados e redução de custo na empresa.

Geralmente há a constituição de conselhos de administração, conselho fiscal, auditoria interna e externa, regras e compliance como fatores integrantes a constituição da Governança corporativa. Neste processo é comum o afastamento das rotinas operacionais pelos Sharesholders, ficando só presente nas rotinas operacionais os Stakeholders que devem prestar contas aos Sharesholders.

É comum em alguns países que o Conselho de administração seja mais numeroso com relação a outros, assim como também mais profissionais independentes da organização (conselheiros profissionais) como por exemplo os conselhos constituidos pelas empresas Norte Americanas. Já no Brasil este número é menor e a participação dos acionistas dentro do conselho é mais comum, tornando o conflito de agência mais evidente nesses casos.

Adriano Filgueira

Executivo da área contábil e de gestão estratégica, CEO da Adriano Filgueira Contabilidade e Consultoria. Pós graduado em contabilidade decisorial e tem vasta experiência em contabilidade gerencial e tributária. É especialista nos segmentos da Construção Civil, Saúde e Telecomunicação. É consultor nas áreas de Centros de Serviços Compartilhados e Governança Corporativa, Mestrando em administração na UFPB. Seu Instagram é @adrianofilgue.

Tags:

Compartile: