João Pessoa: 20 de maio de 2024

Lula anuncia Alckmin no Comércio, Santana na Educação e Nísia na Saúde

Publicado em: 22 de dezembro de 2022

O presidente diplomado Lula (PT) anunciou, nesta quinta-feira (22), novos nomes que vão ocupar os cargos de ministros a partir de janeiro. Dentre os nomes anunciados estão o do vice-presidente Geraldo Alckimin, que ficará à frente da Indústria e Comércio, Camilo Santana, na Educação, e Wellington Dias, no Desenvolvimento Social.

Confira a lista com os nomes anunciados: 

Ministro das Relações Institucionais  – Alexandre Padilha 

Secretaria-Geral da Presidência da República – Márcio Macêdo 

AGU – Jorge Messia, o Bessias 

Ministra da Saúde – Nísia Trindade

Ministro da Educação – Camilo Santana 

Ministra da Gestão – Esther Dweck

Ministro de Portos e Aeroportos – Márcio França 

Ministra da Ciência e Tecnologia – Luciana Santos 

Ministra das Mulheres – Cida Gonçalves 

Ministro do Desenvolvimento Social – Wellington Dias 

Ministra da Cultura – Margareth Menezes 

Ministro do Trabalho – Luiz Marinho

Ministra da Igualdade Racial – Anielle Franco 

Ministro do Direitos Humanos – Silvio Ameida 

Ministro da Indústria e Comércio – Geraldo Alckmin 

Controladoria-Geral da União – Vinícius Carvalho 

Havia uma expectativa que fossem anunciados os nomes da senadora Simone Tebet (MDB) e da deputada federal eleita Marina Silva (Rede). As duas, no entanto, não integraram a lista.

Lula disse que até a próxima semana concluirá as indicações. “Faltam 13 ministros. Quem tem expectativa, não percam. Porque tudo pode acontecer nesses próximos dias. Certamente vocês terão novidades”, afirmou.

O petista também comentou sobre o orçamento que os auxiliares vão encontrar. “O orçamento que vamos trabalhar em 2023 é se comparado ao PIB, o mesmo de 2019. Significa que nós paramos no tempo durante quatro anos. Temos consciência. Vamos aumentar os ministérios, mas não vamos aumentar os gastos, todos vão ter que apertar os cintos. Vamos fazer todo esforço para que o pouco dinheiro seja colocado para as pessoas mais necessitadas. Não haverá tempo para descanso nesses próximos quatro anos”, frisou.

Confira os nomes que já tinham sido anunciados pelo petista:

Fernando Haddad (Fazenda);

Flávio Dino (Justiça);

José Múcio Monteiro (Defesa);

Mauro Vieira (Relações Exteriores);

Rui Costa (Casa Civil).

Tags:

Compartile: