João Pessoa: 18 de julho de 2024

Cabo Gilberto volta a criticar ministro Alexandre de Morais e diz que parlamentares estão sendo desrespeitados: “pode fechar o Congresso”

Publicado em: 15 de dezembro de 2022

As críticas são feitas sobre os mais de 100 mandados de busca e apreensão aos apoiadores de Bolsonaro envolvidos nos protestos antidemocráticos contra o resultado das eleições.

 

 

O deputado estadual eleito federal Cabo Gilberto (PL-PB), voltou, nesta quinta-feira (15), voltou a reforçar sua raiva contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Alexandre de Moraes sobre os mais de 100 mandados de busca e apreensão aos apoiadores de Bolsonaro envolvidos nos protestos antidemocráticos contra o resultado das eleições.

O parlamentar chegou a dizer que o mesmo é quem está “mandando no Brasil”. “Precisamos saber quem será o brasileiro que dará o segundo grito de liberdade contra esse ditador Alexandre de Morais.

“Decisões ilegais do Ministro Alexandre de Morais. Ele tem uma polícia federal particular. Rasga o ordenamento jurídico brasileiro. E coloca brasileiros na prisão, de forma arbitrária. Temos o direito de protestar garantido pela Constituição”, reforçou.

“Para que um Congresso? Ele é o único que manda no país. Os parlamentares estão sendo desrespeitados. Então não tem pra quer ter mais parlamentar, nem congresso”, disse.

Tags:

Compartile: