João Pessoa: 25 de junho de 2024

Lula lembra prisão em Curitiba e chora ao discursar na cerimônia de diplomação

Publicado em: 12 de dezembro de 2022

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi diplomado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na tarde desta segunda-feira (12), ao lado do vice-presidente eleito Geraldo Alckmin (PSB).

A solenidade foi presidente pelo ministro Alexandre de Moraes e contou com a presença de diversas autoridades, a exemplo de ministros do STF, do governador João Azevêdo (PSB) e dos ex-presidente Dilma Rousseff e José Sarney.

Ao iniciar o discurso, Lula agradeceu à militância do PT, à Dilma e outros políticos pelas vigílias realizadas em Curitiba durante o período que o petista esteve preso na Superintendência da Polícia Federal.

“Eu sei o quanto custou, não apenas a mim. O quanto custou ao povo brasileiro essa espera para que a gente pudesse reconquistar a democracia nesse país. Reafirmo hoje que farei todos os esforços para, juntamente com meu querido companheiro Geraldo Alckmin, cumprir o compromisso que assumi não apenas durante a campanha, mas durante toda a minha vida: fazer do Brasil um país mais desenvolvido e mais justo, com a garantia de dignidade e qualidade de vida para todos os brasileiros, sobretudo as pessoas mais necessitadas”, disse.

Tags:

Compartile: