João Pessoa: 24 de fevereiro de 2024

Câmara de João Pessoa comemora 75 anos em evento nesta quinta-feira (17)

Publicado em: 17 de novembro de 2022

No dia 14 de novembro, a Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) completou 75 anos desde a reinstalação da sede do legislativo municipal. E, em comemoração, nesta quinta-feira (17), haverá um coquetel de recepção, no Hotel Globo, às 16h, com apreciação do pôr do sol e apresentações da Banda 5 de agosto e do Coral Antônio Leite de Figueiredo, da CMJP.

Durante o coquetel, ocorrerá a coletiva de imprensa para lançamento de dois editais: um para construção da nova sede do poder legislativo e outro para selecionar o artista plástico que será responsável pela obra que vai ficar em frente ao prédio, seguindo a Lei Ordinária 11649/2009. Na ocasião, ainda será feito o lançamento da maquete digital da nova sede.

Ainda na tarde de sexta-feira (17), no Hotel Globo, terá o lançamento do livro “CMJP 75 anos: Liberdade, Democracia, Transparência”, escrito pelo servidor com mais de 40 anos de CMJP, Edmilson Lucena; e o lançamento da série documental “João Pessoa: Cidade de Leis”, produzida pelos servidores Érika Bruna Agripino e Lúcio César, que conta a história de João Pessoa a partir das leis aprovadas na CMJP.

Exposições

No Hotel Globo, já é possível conferir as exposições em comemoração aos 75 anos de reinstalação do legislativo municipal, que destacam a cidade e o patrono da Casa, Napoleão Laureano. ‘Memória de uma vida a serviço do semelhante’ é o nome da exposição que conta, em fotos, ilustrações e textos, a trajetória do patrono da CMJP e idealizador do Hospital Napoleão Laureano, referência no tratamento de câncer no país.

Com fotografias que retratam pontos marcantes da história de João Pessoa em diferentes épocas, a exposição ‘João Pessoa de todos os tempos’ transmite o olhar do fotógrafo Olenildo Nascimento de locais como Parque Solon de Lucena, Rio Sanhauá e Estação Cabo Branco. A cidade de João Pessoa no auge dos anos 70 também é retratada em exposição pelo olhar do fotógrafo Valdomiro Ferreira, conhecido como Cabeção.

Cópias, transcrições e análises de documentos do período colonial e imperial também fazem parte de uma exposição. A mostra traz alguns dos 200 documentos históricos achados na CMJP, em 2018, e que possuem informações sobre o processo de estruturação do Estado Imperial Brasileiro na Paraíba, na então cidade da Parahyba e em municípios circunvizinhos.

Por fim, ainda haverá exposição da galeria dos ex-presidentes da Câmara de João Pessoa. São pinturas que retratam a história da CMJP a partir das pessoas que a administraram no cargo de chefe do Legislativo Municipal. Todas as exposições podem ser visitadas no Hotel Globo até o dia 11 de dezembro.

Compartile:

Tags: