João Pessoa: 25 de fevereiro de 2024

João manda Polícia desobstruir rodovias fechadas por bolsonaristas na Paraíba

Publicado em: 1 de novembro de 2022

O governador João Azevêdo (PSB) informou na tarde desta terça-feira (1º) que autorizou a Polícia Militar a desobstruir as rodovias que cortam a Paraíba interditadas por bolsonaristas que não aceitam a derrota do presidente Jair Bolsonaro (PL) e a eleição do ex-presidente Lula (PT).

“Conforme determinação do STF, autorizei que a Polícia Militar atue na desobstrução das rodovias do nosso estado. Nos manteremos sempre firmes e vigilantes na defesa da democracia e no direito das pessoas se locomoverem livremente neste país”, disse Azevêdo.

Neste momento, os órgãos que integram as Forças de Segurança Pública da Paraíba se reúnem para discutir o impacto e as estratégias para evitar transtornos aos paraibanos com eventuais atos de bolsonaristas contra a vitória do ex-presidente Lula (PT) na disputa em que o presidente Jair Bolsonaro (PL) saiu derrotado.

O encontro acontece na sede da Secretaria de Segurança e conta com as presenças do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Sérgio Fonseca, do o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social da Paraíba, Jean Nunes, além de representantes da Polícia Federal e do Ministério Público.

Embora em todo Brasil estejam sendo registrados problemas em decorrências das manifestações, inclusive com cancelamento de voos e consequência para carga de alimentos e produtos, na Paraíba o cenário, a priori, é diferente.

Ontem (31) a Polícia Rodoviária Federal chegou a registrar bloqueios na BR-101, em João Pessoa, e na BR-230, em Campina Grande. Os atos acabaram ainda na madrugada. Hoje, desde as primeiras horas da manhã, um grupo de apoiadores de Bolsonaro se concentra na frente do Grupamento de Engenharia, na Avenida Epitácio Pessoa.

Compartile:

Tags: