João Pessoa: 15 de julho de 2024

Cendac investe em capacitação profissional e mulheres se interessam por novas habilidades para o mercado de trabalho

Publicado em: 16 de maio de 2024

WhatsApp Image 2024-05-15 at 16.18.36.jpeg
WhatsApp Image 2024-05-15 at 16.18.41.jpeg
WhatsApp Image 2024-05-15 at 16.18.33.jpeg
WhatsApp Image 2024-05-15 at 16.18.32.jpeg

O Centro de Apoio à Criança e ao Adolescente (Cendac) já realizou três cursos profissionalizantes de Manutenção e Conserto em Ar-Condicionado. Este é um dos cursos mais procurados na instituição pelas pessoas que buscam se qualificar para o mercado de trabalho. O último foi encerrado no mês de abril e contou com uma turma de 31 alunos, dos quais quatro mulheres.

“É a primeira vez que as mulheres se inscrevem para fazer este curso e isto nos deixa muito contentes porque sabemos que elas podem trabalhar em qualquer área, e o Cendac tem este olhar atento a demanda das mulheres para se profissionalizar. Estamos sempre investindo nessas capacitações com um olhar voltado também para elas”, ressaltou a presidente do Centro, Valquíria Alencar.

Duas delas, Ivonete Vitorino da Silva e Edilane Mariana, foram alunas deste curso e enxergaram nesta oportunidade oferecida pelo Cendac a chance de poder “turbinar” o currículo e conseguir uma melhor colocação em vagas de emprego.

Edilane mora em Tibiri, Santa Rita, e vinha para João Pessoa durante três dias para assistir as aulas do curso de Manutenção e Ar-Condicionado, ministradas pelo professor Francisco de Assis, na sede do Cendac. “Eu já tinha o curso de eletricista, que fiz aqui mesmo no Cendac, e quando soube deste de ar-condicionado entendi que poderia aliar o que já sabia como eletricista a novas habilidades em relação ao conserto deste equipamento”, explicou. Edilane montou uma cartela de clientes e, durante o período em que estava fazendo o curso, começou a divulgar que iria trabalhar com o conserto e a manutenção de ar-condicionado.

“Tivemos aulas práticas e pude aprender as técnicas, qual ferramenta usar para limpeza, para conserto, mexer na parte elétrica do ar-condicionado e assim aperfeiçoar meus conhecimentos”, afirmou Edilane. Ela sempre está com uma caixa de ferramentas à disposição, para caso algum cliente entre em contato, solicitando os seus serviços.

Ivonete Vitorino trabalha como diarista. Este foi o primeiro curso que ela fez pelo Cendac. “Quando eu vou fazer uma faxina, já informo a minha cliente que também conserto ar-condicionado. Isso deu uma melhorada nas minhas funções, porque poucas diaristas sabem fazer a limpeza de um ar-condicionado, e principalmente, como consertá-lo. E isso eu aprendi no curso”, conta. Ivonete disse que está providenciando um cartão de apresentação de seus serviços para deixar em residências e empresas, oferecendo seu trabalho.

O curso de Manutenção e Conserto de Ar-Condicionado contou com uma carga horária de 80h e fez parte de um convênio entre o Cendac e a Secretaria de Estado e Desenvolvimento Humano da Paraíba.

SECOM

Tags:

Compartile: