João Pessoa: 18 de julho de 2024

Alunos do Curso de Teatro da Funesc encenam espetáculo acessível em Libras

Publicado em: 12 de dezembro de 2023

CIDADE CAO ENSAIO (8).JPG
CIDADE CAO ENSAIO (10).JPG
CIDADE CAO ENSAIO (9).JPG
CIDADE CAO ENSAIO (11).JPG
CIDADE CAO ENSAIO (7).JPG
CIDADE CAO ENSAIO (5).JPG

Alunos do Curso de Teatro da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) encenam, nesta sexta-feira e sábado, dias 15 e 16, a peça ‘Cidade Cão’. A apresentação será no Teatro Paulo Pontes, na Fundação Espaço Cultural da Paraíba, em João Pessoa. O espetáculo começa às 20h e tem acessibilidade em Libras (com aluna surda e intérpretes da língua brasileira de sinais atuando no palco). Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). A classificação indicativa é 14 anos.

Com direção e dramaturgia de Léo Palma (com assistência de direção de Lainne Melo e Vittor Blam), o elenco conta com Cris Estevão, Denis Santos, Kizy Silva, Malu Diniz, Matheus Rockenbach, Rafaella Pedrosa, Ruan Araújo, Sissa Gonçalves e Tatiany Cabral. A acessibilidade em Libras é feita por Giselle Virginio, Nemu Lima e Cleiton Willian. A aluna surda é Kizy Silva.

Cidade Cão é um espetáculo de conclusão de curso inspirado nos contos ‘A cabeça’ (de Luiz Vilela), ‘Nunca é tarde, sempre é tarde’ (de Silvio Fiorani), ‘De cima para baixo’ (de Artur Azevedo) e ‘Pequenas distrações’ (de Gregório Bacic). Em cena, uma cabeça decepada é encontrada no meio da rua. Nesta Cidade Cão todos são cães, mas nem todos são iguais… A peça aborda pressões de mercado, capitalismo, preconceito, exclusão, medo e violência.

A preparação vocal e trilha sonora original de ‘Cidade Cão’ são de Vittor Blam. Iluminação de Lainne Melo, com direção de arte de Sarah Isidoro e figurino de Sissa Gonçalves e Tatiany Cabral. Objetos de cena são de Matheus Rockenbach e Sissa Gonçalves e a produção é de Cris Estevão. Máscaras foram confeccionadas por Vitor Blam (também responsável maquiagem, ao lado de Léo Palma).

O curso – Oferecido há mais de 30 anos pela Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc), o curso tem duração de oito meses e é uma porta de entrada para quem quer se iniciar ou mesmo buscar profissionalização nas artes cênicas.

A capacitação é dividida em duas partes: na primeira, são aulas de expressão corporal, improvisação, interpretação, técnica vocal, história do teatro, interpretação de texto. Na segunda, começa o processo de montagem de espetáculo.

É nessa etapa que se entra em contato com outras técnicas associadas ao espetáculo como maquiagem, noções de cenografia, noções de figurino e iluminação, além dos conhecimentos sobre a caixa cênica como um todo.

Durante muito tempo, o curso representou a única porta de entrada para o meio teatral na capital paraibana e é extensa a lista de profissionais que atuam hoje em vários grupos de teatro da cidade que se iniciaram por ele.

Essa ferramenta tem como objetivo criar oportunidade para que mais pessoas possam se engajar ao movimento teatral de forma concreta, dando início a uma nova geração de atores e atrizes. O curso foi idealizado por Roberto Cartaxo, ainda nos anos 1980, e as aulas acontecem na Sala que leva o seu nome e que funciona no Espaço Cultural.

Serviço:
Espetáculo ‘Cidade Cão’
Sexta-feira e sábado, dias 15 e 16/12/23
Hora: 20h
Local: Teatro Paulo Pontes
Ingressos: R$20 (inteira) e R$ 10 (meia)
Classificação indicativa: 14 anos

SECOM

Tags:

Compartile: